Windows PowerShell Command Builder

2 Comentários


Overview

Criar scripts PowerShell algo muito comum para administradores de serviços Microsoft, ele vem conquistando cada vez mais espaço e grande parte dos produtos da Microsoft estão vindo com muito suporte ao PowerShell, dá para fazer tudo o que é feito pela interface e geralmente mais coisas.

A parte mais complicada de fazer um script é ver as funções existentes e quem sabe, ter algo mais voltado ao usuário para a criaçãod e scripts. Já que trabalhamos tanto para o usuário final, porque não podemos ter algo mais simples também? O Visual Studio é uma bela IDE para fazer scripts PowerShell, sem sombra de dúvidas, mas já pensou se tivesse alguma ferramenta que fosse voltada para algum produto específico. Algo como uma ferramenta que ajudasse a ver os comandos e a criá-los rapidamente através de um “wizard”?

Mais

Como Utilizar Vários Templates de Documentos em Uma Biblioteca de Documentos

3 Comentários


Overview

O SharePoint permite ao usuário utilizar várias estruturas de dados diferentes para a mesma lista ou biblioteca. Por exemplo, podemos criar uma biblioteca de solicitações e o usuário irá selecionar o tipo de solicitação que deseja criar a partir de vários templates diferentes, onde cada um tem as suas particulariedades de template de documentos, colunas ou até mesmo fluxos de trabalho, como no exemplo da imagem 01. O usuário seleciona o tipo de solicitação que ele quer fazer.

Imagem 01: Criação de uma nova solicitação – vários templates sendo exibidos

 

Mas como fazer essa configuração no SharePoint?

Mais

Instrumentação com SharePoint 2010

1 Comentário


Overview

Instrumentação, de acordo com a Wikipédia, significa “a ciência que estuda, desenvolve e aplica instrumentos de medição e controle de processos”, ou seja, com base em informações geradas a partir de medições e controle desses processos, conseguimos saber o que está acontecendo com determinado objeto, seja ele uma usina hidroelétrica ou um programa de computador.

Neste post vamos falar um pouco sobre intrumentação no SharePoint 2010, como podemos controlar a execução de nossos processos para descobrir problemas de performance e o controle de erros. Os recursos abordados neste artigo serão uma introdução à developer dashboard e como gravar informações nela e o registro de erros no log do SharePoint e do Windows.

Mais

Configurando o InfoPath Forms Service para Permitir Acesso a Dados Externos

Deixe um comentário


Overview

Criei um web service para ser acessado a partir de formulários InfoPath, mas quando vou acessar o formulário no SharePoint dá erro dizendo que dados externos não podem ser exibidos.

Como o web service estava em uma estrutura diferente da minha estrutura atual (outro domínio – cross domain) o InfoPath Forms Service bloqueia por padrão esse tipo de acesso.

Como fazer para resolver?

Mais

Como Criar um Application Proxy Group

2 Comentários


Overview

O SharePoint possui duas opções de Application Proxy Group: padrão e custom. Onde o padrão é um application proxy group existente e o custom é apenas uma opção para poder customizar a associação dos service applications por web application.

Mas como fazer para criar um novo application proxy group e utilizá-lo em mais de um web application e não ter que customizar por web application?

Mais

O erro “‘g_ExpGroupXSLTQueue’ is undefined” é exibido em páginas SharePoint 2010

Deixe um comentário


Overview

O errro de javascript “‘g_ExpGroupXSLTQueue’ is undefined” (mais detalhes na listagem 01) é exibido em páginas que contém visões com agrupamentos , como na imagem 01, e os agrupamentos não funcionam. Ficam com o menos expandido mas não exibe os dados.

Webpage error details

User Agent: Mozilla/4.0 (compatible; MSIE 7.0; Windows NT 6.1; WOW64; Trident/5.0; SLCC2; .NET CLR 2.0.50727; InfoPath.3; .NET CLR 3.5.30729; .NET CLR 3.0.30729; .NET4.0C; .NET4.0E; Zune 4.7; MS-RTC LM 8; MS-RTC EA 2)
Timestamp: Sun, 31 Jul 2011 19:33:53 UTC

Message: ‘g_ExpGroupXSLTQueue’ is undefined
Line: 2005
Char: 9
Code: 0
URI: http://portal.azeroth.com/_layouts/1046/core.debug.js?rev=1vr9ATUkjNvz9cxJKWpxww%3D%3D

Listagem 01: Erro de java script na página

Imagem 01: Os agrupamentos não funcionam

Mais

LINQ To SharePoint–Passo-a-passo de como utilizá-lo em sua web part

Deixe um comentário


Introdução

Os desenvolvedores sempre tiveram uma dificuldade na hora de desenvolver seus aplicativos: trabalhar com dados fracamente tipados. Desde a utilização de RecordSets, lá no VB6, até recursos mais novos como o ADO.NET, obter dados do banco de dados ou outra fontes de conteúdo sempre indexou-se os objetos pelo nome da coluna, assim como no exemplo: tabelaClientes[“Nome”] para obter o nome do cliente do banco de dados. Se o campo “Nome” mudar na tabela o programa irá compilar normalmente, mas irá gerar um erro em tempo de execução, ou seja, muito difícil de ser percebido pelos desenvolvedores.

Esse assunto vem evoluindo cada vez mais, uma das primeiras iniciativas foi o Hibernate, que fazia o mapeamento de entidade relacional em modelo de objetos. Esse tipo de recurso foi muito aguardado e com o passar do tempo foi evoluindo. Existiram várias iniciativas até o surgimento do LINQ, que é um sistema de consulta em conjuntos de dados que é fortemente tipado.

Um sistema fortemente tipado consiste na utilização dos objetos via programação onde não se usa string ou inteiro para indexar a coluna, mas sim o próprio nome. Exemplo: cliente.Nome. Se algum campo for mudado o sistema não irá mais compilar, orientando o desenvolvedor sobre o que ele precisa mudar. Essa alteração no paradigma de progração aumenta em muito mais produtividade e menor incidência de erro.

O LINQ é um mecanismo que possui várias extensões, entre elas LINQ to Objects, LINQ to Entities (que agora virou o Entity Framework), LINQ to XML, LINQ to SQL e agora o LINQ to SharePoint.

O LINQ to SharePoint é a especialização do LINQ para ser utilizado no SharePoint, com ele podemos trabalhar com conteúdo SharePoint usando rotinas fortemente tipadas. Neste artigo vamos explicar como utilizar essa solução.

Mais

Older Entries