Aplicar MasterPage para todos sub-sites utilizando PowerShell

Deixe um comentário


Overview

Para quem tem muitos sites criados e necessita de uma forma mais prática de aplicar uma Master Page para todos estes sites e Sub-sites.

Mais

Anúncios

Sandboxed Solutions em SharePoint Online 2010

Deixe um comentário


Introdução

Com o lançamento na Microsoft da sua solução Cloud através do Office 365 tem havido muita procura sobre as diferentes ofertas que este novo serviço disponibiliza.

Office 365 é um conjunto de Serviços da Microsoft na qual se pode aceder em qualquer local a documentos, correio electrónico, contactos, calendários de forma actualizada, tendo como garantia a fiabilidade e segurança a nível empresarial de forma a disponibilizar a pequenas e grandes empresas com um conjunto de serviços essenciais de trabalho a um preço acessível.

Após o lançamento da versão Beta do Office 365 um dos produtos no qual foquei a minha atenção foi o SharePoint Online 2010 e a capacidade de criar Sandbox Solutions.

Sandbox Solutions em SharePoint é um novo conceito para SharePoint 2010 que permite criar código personalizado a aplicar nos sites de SharePoint de forma segura, fornece a capacidade dos Site Collections Administrator de instalar e monitorizar soluções personalizadas sem a necessidade dos Administradores do SharePoint. Mas para ter essa liberdade os Administradores estão limitados as funcionalidades das Sandboxed Solutions, relativo ao código que podem utilizar ou os recursos que podem utilizar/aceder.

Mais

Publicação de Serviços WCF no SharePoint

Deixe um comentário


Introdução

O SharePoint 2010 trouxe novos recursos aos desenvolvedores que antes não existiam ou não eram muito simples de utilizar no SharePoint 2007. Um desses recursos era a capacidade de publicação de dados para utilização a partir de outros aplicativos.

Até então já era possível publicar web services customizados e consumir alguns web services nativos do SharePoint, mas as opções eram bem limitadas e davam bastante trabalho aos desenvolvedores. Atualmente, com o SharePoint 2010, temos várias formas de consumir dados e criar regras de negócios. As principais são: utilizar o modelo de objetos de cliente (Client Object Model), serviços padrão do SharePoint, serviço REST (ServiceData.svc) e até mesmo a API de servidor, mas essa última tem um problema, como publicá-la para aplicativos que rodam fora do servidor? A solução é através de um serviço WCF.

Se atualmente existem tantas APIs para criação de regras de negócio, por que publicar um serviço WCF customizado? A resposta é muito simples, porque desta forma encapsulamos as regras de negócios disponibilizamos somente informações necessárias para os aplicativos clientes consumirem. Em alguns casos não podemos utilizar as APIs de cliente e precisamos expor os dados já processados através de um serviço.

Exemplo: relatórios geralmente demandam grande utilização de regras de negócio. É comum os relatórios precisarem de cruzamento de informações (joins) em várias listas do SharePoint para fornecer dados consolidados ao usuário. O que fazer para obter desempenho, proteger as regras de negócio e informações e ainda ter controle de permissão? O serviço WCF roda no servidor, causando menos tráfego de rede, as regras de negócio ficam protegidas e são disponibilizadas somente para usuários com permissão. Além disso, ainda existe o fator disponibilidade, o SharePoint possui vários mecanismos de disponibilidade, sendo assim, publicando o serviço no SharePoint, automaticamente o serviço pode usufruir desses recursos.

Outra pergunta importante, por que publicar um serviço WCF no SharePoint e não criar apenas um serviço no IIS? Pelo simples fato da capacidade de abstração do endereço do site, já que estando dentro do SharePoint o objeto SPContext está criado e disponível permitindo acesso a todos os dados do site atual. Se o serviço não estivesse dentro do SharePoint todo o processo de criação dos objetos de SPSite e SPWeb seriam necessários (mais consumo de hardware), ainda tendo a obrigatoriedade de informar a url e credenciais do usuário.

Neste artigo vamos ver como criar um serviço WCF que publica todos os eventos cadastrados no site – a regra de negócio é bastante simples pois o objetivo principal é mostrar a publicação do serviço, a publicação no SharePoint e finalmente testar e validar a solução.

Mais

Follow-up de itens de lista e documentos com políticas de gerenciamento de informações

2 Comentários


Overview

Muitas vezes, precisamos estabelecer uma data de vencimento para documentos ou itens de uma lista. Por exemplo, quando publicamos um documento que precisa ser revisado a cada 6 (seis meses) ou até mesmo um item de tarefa que quando próximo da data limite deve emitir um alerta ao responsável. Para estes casos temos as Políticas de Gerenciamento de Informações. Com esta funcionalidade podemos estabelecer prazos baseados nos campos data da nossa lista ou biblioteca e determinar ações pré-estabelecidas ou personalizadas através de fluxos de trabalho.

Mais

Configurar WebPart para Meteorologia

Deixe um comentário


Overview

O  Sharepoint é daquelas ferramentas que devemos parar e explorar antes de realizar desenvolvimento, uma das grande capacidade do Sharepoint é a sua integração com outras tecnologias Web o que torna bastante flexivel e toda a personalização das paginas simples e directas.

Para este tipo de desenvolvimento, o sharepoint tem uma Webpart chamada “DataViewWebpart” que realiza chamada a dado através de diferentes camadas de dados, desde Listas de Sharepoint, WebServices, Banco de Dados e XML.
Para desenho da Webpart utilizei a estrutra XSL “EXtensible Stylesheet Language” que é uma camada de Desenho que serve para modelos em diferentes Webpart, desde que tenha os mesmo tipo de dados a receber.

Neste artigo mostra como podemos utilizar os acessos a Dados XML em WebPart com Desenho XSL, tendo como finalidade criar uma WebPart de Meterologia.

Mais

Estilizando o SharePoint 2010 utilizando Temas e o Theme Builder

1 Comentário


Overview

Os temas são formas de apresentações e características de layouts do site, e sempre estiveram presentes nas versões do SharePoint, porém, agora na versão 2010 houve uma mudança drástica em como eles são usados e criados. Nas versões anteriores, eles eram compostos pelo seu arquivo CSS e imagens, agora na versão 2010, eles utilizam apenas um formato .thmx e podem facilmente serem criados utilizando PowerPoint ou ferramentas como Theme Builder.

Mais

Interagindo com o Usuários Utilizando ECMAScript (SP.UI.Notify e SP.UI.Status)

3 Comentários


Overview

Interagir com o usuário através de mensagens em tela é algo muito comum e indispensável, mas como fazer isso utilizando os recursos do SharePoint?

A resposta é utilizando as classes ECMAScript (JS, JavaScript) SP.UI.Notify e SP.UI.Status, ela nos permite interagir com o usuário da mesma forma que o SharePoint faz. 

Mais

Older Entries